quarta-feira, 4 de março de 2015

Como eu escolho meu curso?


Se você é do tipo indeciso e está em dúvida em qual área ou curso seguir, esse post pode ser a solução. Confira alguns passos e dicas para ficar menos perdido:


  • Saiba a sua área
Antes de mais nada, saber qual é a sua área é essencial, pois a sim a quantidade de cursos se restringe. O fato de ter menos opção de escolha pode facilitar. Para saber qual a área que você tem mais interesse, a principal dica é saber as suas matérias preferidas ou aquelas que você possui mais aptidão. Sendo assim, se você gosta bastante de biologia, é provável que você siga para Biológicas. Se você prefere matemática ou física, pode seguir para Exatas. Se preferir história ou geografia, por exemplo, pode ter mais chances de ir para Humanas. 
  • Imagine-se no futuro
Os seus gostos, não apenas nas matérias de sala de aula, podem influenciar no seu futuro, tanto na faculdade quanto na vida profissional. Caso você já tenha uma noção dos cursos que você pretende seguir, pesquise e descubra onde você pode atuar. Algumas profissões, por exemplo, possuem mais horas extras e períodos de férias do que outras. Se imaginar no futuro, como profissional, ajuda a fazê-lo pensar se o seu interesse era apenas no curso e suas matérias ou na profissão em si. 

  • Pesquise mais sobre os cursos
Isso foi dito no tópico anterior, mas com ênfase agora. Sites como o Guia do Estudante disponibilizam um pequeno resumo de cada curso, informando ainda sobre o mercado de trabalho, testes, duração de cursos, além de uma lista das melhores faculdades. Pesquise também na faculdade que você pretende cursar, dando atenção à estrutura curricular (que pode vir a ser diferente de uma faculdade para outra). Além de sites, existem diversos "catálogos" que faculdades disponibilizam.

  • Converse com conhecidos
Converse com amigos e familiares que estão fazendo faculdade, já se formaram ou agora trabalham com a sua possível futura profissão. Assim, você descobre, a partir da opinião deles, se você tem afinidade com o curso ou não. Se possível, fale também com um profissional que permita que você passe, por exemplo, um dia na empresa dele, para que você conheça melhor a profissão.

  • Fale com professores
Se você não conhece ninguém que fez o curso que você pretende fazer ou se quer saber a opinião do maior número de pessoas possível, conversar com o professor pode ser uma saída. Ele pode te dar um parâmetro de como funciona o curso, dizer se você vai usar muito a matéria x e assim por diante. 

  • Faça testes online
Alguns sites disponibilizam testes vocacionais, como é o caso do Mundo Vestibular, composto por 17 questões. O resultado do teste surge a partir das respostas para diversas perguntas, mesmo cotidianas, as quais indicarão as suas personalidades e, assim, as suas profissões. 

  • Signos
Se você estiver mesmo desesperado ou tem a intenção de conhecer muitas profissões, você pode descobrir suas aptidões através de signos. No Guia da Semana, está disponível uma pequena lista com as profissões de cada signo, baseadas na personalidade de cada pessoa. Lembre-se que essa é apenas uma outra forma de conhecer profissões. Testes e signos podem estar errados: o que mais vale é a sua escolha!

  • Faça aulas "experimentais"
Algumas faculdades permitem que você faça uma aula experimental do curso pretendido. Para descobrir se a faculdade permite ou não, basta enviar um email para mesma. Essa é uma forma de fazer um teste antes de entrar no curso, para que assim você tenha mais certeza e diminua as chances de querer abandonar o curso antes de concluí-lo. 

  • Outras observações
Lembre-se: quem vai passar quatro ou cinco anos na faculdade é você, e por causa disso você deve fazer o que gosta! Se os seus pais querem que você siga um caminho muito diferente, por exemplo, tente conversar com eles. Além disso, é legal que você dê mais importância ao curso que gosta do que aquele que dá dinheiro; busque um trabalho que concilie os seus gostos com um bom salário. Como muitos dizem, não adianta fazer um curso só pelo status ou pelo dinheiro. Alcançar o sucesso nessas situações costuma ser mais difícil, uma vez que grande parte dos profissionais fez o que gosta e, por causa disso, pode ter um desempenho maior que o seu.

Mas, para escolher o curso e chegar na faculdade, é preciso ralar bastante. Para isso, tenha muito estudo e muito foco! Não esqueça de acompanhar o blog e segui-lo na página do Face para receber em primeira mão os links das postagens e ficar sabendo das novidades.

2 comentários:

Anônimo disse...

Pode postar sobre temas de redação? Obrigada :) adoro seu blog, Seria melhor ainda se você postasse diariamente

Jéssica Neves disse...

Muito válidas todas as dicas. Quando fui escolher meu curso pesquisei muuuito sobre tudo: área de atuação, salário, disciplinas, mercado de trabalho na região onde moro.Estou quase terminando a faculdade, mesmo com todo o pânico de fim de curso, acho que fiz sim a escolha certa *-*

Beijos
Que Nerdisse Alice!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...