sábado, 2 de abril de 2011

Teorema de Pitágoras

Não havia dado tempo pra postar sobre isso, mas é o objetivo C1 de Matemática. Pelo que a própria professora falou, foi um dos objetivos que mais tivemos dificuldade – ou seja, que a nota foi menor.
O teorema de Pitágoras é simples quando se entende (assim como qualquer outro objetivo) e tem como objetivo encontrar o valor x – ou seja lá qual for a letra – e assim descobrir o valor faltante.

RESUMO
Só é possível fazer o teorema de Pitágoras em um triângulo retângulo (ângulo reto). Lembrando: a soma do quadrado dos catetos é igual a hipotenusa ao quadrado. Observe como:


É possível descobrir que a hipotenusa é o x. E os catetos são 12 e 5. Imaginemos que sejam 12 centímetros e 5 centímetros. Esse 12 e este 5 correspondem a medida do lado do triângulo. No teorema, devemos elevá-lo ao quadrado (²) e quando isso acontece, significa que estamos encontrado a medida do quadrado em si, e não apenas do lado. Por ser um quadrado, claro, os lados correspondem a mesma medida.

h² = c²+c²
Fazendo as substituições: h² = 12²+5²
Aí, é só fazer o cálculo normal de uma equação numérica. Observe:
h² = 12²+5²
h² = 144+25
h² = 169

Como não podemos deixar a hipotenusa ao quadrado (169), devemos de fazer a raiz quadrada, operação inversa; afinal, o objetivo, como já dito, é descobrir o lado do triângulo.
h² (ao quadrado) = 169 (ao quadrado)
h = 13

Assim, descobrimos o valor de x: 13.


No teorema de Pitágoras, é possível encontrar números irracionais, longos decimais, com números que infinitamente não chegaremos ao resultado final da raiz quadrada de determinado número. Portanto, não significa que sempre encontraremos quadrado perfeito. É bom fazer e refazer exercícios, afinal, a prova é nessa semana, e o tempo certo para você estudar (lembrando que agora o valor vai ser 3,0).
Se alguém tiver alguma dúvida, pode mandar um e-mail pra gente (baocontato@hotmail.com)
Procure refazer exercícios e praticar.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...